Rodier x Émilie Luc-Duc

→ FR

Uma Maison de Malha

Rodier é uma Maison de Malha fundada em 1852 pelo Auguste Rodier. Foi, durante a primeira metade do século XX, um dos mais modernos e importantes fornecedores de jersey para maisons de couture tais como Chanel, Christian Dior ou Paul Poiret. Em 1956, tornou-se uma das primeiras marcas de prêt-à-porter. O seu sucesso irá crescendo até os anos 80, e vai progressivamente desaparecer.

A era Émilie Luc-Duc

Tornada uma bela adormecida – como costumam chamar essas antigas maisons de couture de sucesso que desapareceram com o tempo – é com a entrada da talentosa Émilie Luc-Duc como directora artística, em 2011, que a Rodier vai acordar. A Émilie cria para a maison silhuetas muito femininas e contemporâneas com um verdadeiro trabalho de pesquisas técnicas das matérias, propondo dessa forma uma visão da malha re-visitada e resolutamente moderna.

A direcção de colecção

Muito admirativa do trabalho da Émilie Luc-Duc, tive a oportunidade de integrar o studio Rodier como assistente do director de colecção, em 2013. Sendo um studio pequeno, fui levada a assisti-lo em projetos ricos e variados, que incluíam entre outros a coordenação de colecção e o merchandising visual, mas fui essencialmente levada a trabalhar como designer no studio da Émilie Luc-Duc.

A moda

Bem que a malha esteja profundamente ancorada no ADN da Maison Rodier, a Émilie Luc-Duc enriquecia sabiamente as suas colecções com peças de cortado-cosido e teia e trama que eram realizadas em circuito longo, mas também em circuito curto no centro de Paris.

Foi com essas peças que começou o meu percurso no studio. Sob a direcção da Émilie Luc-Duc, pensava, desenhava peças, pesquisava tecidos e acessórios que correspondessem ao seu universo, seguia o desenvolvimento com a fábrica e a produção, até a implantação nas lojas, acompanhando desta forma a vida da peça da sua criação até o momento da compra.

Rapidamente fui levada também a descobrir e trabalhar sobre o desenvolvimento das colecções de malha. Descobrindo assim um novo mundo e novas técnicas.

Rodier x Merci

Um dos projetos mais entusiasmantes sobre o qual trabalhei enquanto estive na Rodier, foi a colaboração com o concept store Merci, situado no 3° arrondissement de Paris.

Para esse evento, a Émilie Luc-Duc criou peças de malha exclusivas que iriam ser propostas para a venda, acompanhadas por uma selecção de peças da colecção. Mas além da roupa e dos acessórios, a Émilie teve que pensar o conceito da instalação das peças no sítio e na melhor forma de representar a sua visão da malha e da marca.

Criamos então diversos acessórios, decorações e biombos de malha e corda que iriam retranscrever o mundo rico e moderno da sua colecção neste espaço. A colaboração foi um sucesso com a imprensa e os clientes.

 

Para mais informações, pode contactar-me por email :
studio@celialobo.com

 

Fotografia de Merci, Paris